Para muitos é impensável viajar sem o cão ou o gato, no entanto viajar pode ser um momento bastante stressante para os animais, que poucas noções têm do que está a acontecer. Para que a viagem seja agradável, tanto para o tutor como para o animal, algumas dicas podem ser levadas em consideração.


Antes de viajar deve-se considerar a necessidade de levar o animal. Por um curto período pode existir a possibilidade de deixar um amigo ou um familiar a cargo do gato ou do cão, evitando assim o stress de uma viagem, apesar de tanto o animal como o tutor sentirem falta um do outro.


Na impossibilidade de deixar o seu melhor amigo com alguém, seguem algumas dicas para levar consigo o seu animal numa viagem.


Antes da viagem

O primeiro cuidado a ter com o animal é a caixa transportadora, no sentido em que tem de se tornar um local seguro para o cão ou o gato, ou outro animal, que nela for transportado. Tornar a transportadora um local positivo não é tão difícil quanto parece. Deixe a caixa no local favorito do seu animal, com as portas abertas. Lá dentro tenha brinquedos, as mantas que ele mais gosta ou até uma peça de roupa do tutor, para que o animal associe a transportadora à tranquilidade do seu dono.

Com a gradual adaptação da transportadora, convém fazer uma visita ao veterinário. Saber o estado de saúde do animal é importante para que no final da viagem tudo corra como planeado. Um animal debilitado pode piorar o seu estado de saúde, por estar sujeito a uma viagem, que acaba por ser stressante. Mesmo com um animal saudável, é importante ir ao veterinário para atualizar a vacinação do animal, sendo que, no caso de uma viagem de avião, as companhias aéreas podem exigir que o animal embarque com o plano de vacinação completo.

Antes da viagem evite alimentar o seu animal, por uma questão de bem-estar. Tal como nós, os animais também podem ficar enjoados durante a viagem e ter o estômago cheio pode levar a acidentes, que depois são mais complicados de resolver.


Durante a viagem

No caso dos gatos, durante a viagem deve levar uma caixa de areia improvisada, pois se a viagem for longa é expectável que o animal necessite de fazer as suas necessidades fisiológicas. No caso de um cão, não esquecer de levar um saco para apanhar os dejetos, que o cão pode fazer num espaço adequado, durante uma das paragens. Claro que paragens só podem ser possíveis, em viagens de carro, mas continue a ler para encontrar as dicas para os transportes públicos. Ainda no carro é importante que a condução seja suave para tranquilizar o animal e no caso dos gatos não convém tirá-los da transportadora, pois a sua curiosidade pode levar a situações perigosas, que devem ser evitadas.

Em transportes públicos as viagens podem ser mais complicadas, para o tutor e para o animal. Para além de não poder de maneira alguma tirar o animal da transportadora, os sons próprios do meio de transporte podem ativar alguns gatilhos emocionais no animal. Assim sendo, é importante tentar manter a calma do seu melhor amigo, com a sua voz ou até mesmo cobrindo a transportadora com uma manta, de forma que o campo visual fique mais alheio.

Quanto a viagens de avião, o melhor é certificar-se de todos os parâmetros com a companhia aérea, para evitar constrangimentos no embarque. A pesquisa das normas da companhia aérea é importante, pois em certos casos, conforme as dimensões da transportadora, o animal pode seguir na cabine, e não ficar no porão sem a companhia do seu tutor. No caso de a viagem ter de se realizar no porão, torne a transportadora o local mais seguro possível, estando devidamente fechada. Pode na base colocar um tecido absorvente, no caso do animal se aliviar durante a viagem. Em viagens de avião, devido ao ambiente, é importante que o animal tenha água à disposição, pois pode ficar desidratado.


Ajudas extra

Viajar com animais pode ser stressante, mas seguindo à risca tudo o que deixo o animal confortável não há nada que possa correr mal. Se quiser, as clínicas veterinárias vendem calmantes para animais, precisamente para ajudar a acalmar o seu melhor amigo durante uma viagem.